quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Castanheiros morrem de pé

 Ramos secos na copa de plantas jovens
Cancro? Doença da tinta?

A maior parte dos soutos, no planalto que vai da Bolideira a Travancas, está com as folhas dos castanheiros secas, sem que nas aldeias da União das Freguesias encontre quem tenha uma explicação plausível para um fenómeno de que ninguém tem memória.



À falta de explicação científica, dada por técnicos do ministério da agricultura, as razões para as folhas dos castanheiros secarem são diversas.



Uns, jurando lembrar-se de terem visto uma geada em agosto, dizem que foi o gelo a queimar as folhas dos castanheiros. Outros aventam a hipótese de ter sido um raio que caiu sobre as árvores e fez com que as folhas começassem a secar. Os mais sensíveis aos malefícios das indústrias químicas, porém, apontam o dedo a supostas chuvas ácidas, caídas no verão!



Dei-me conta da extensão do problema quando comecei a reparar que não eram apenas as folhas de meus castanheiros jovens que secavam, eventualmente, por falta de rega, como pensara, em fins de agosto.



Há duas semanas, em Roriz, aldeia da união de freguesias com maior extensão de soutos, ao observar que no mesmo terreno havia castanheiros sãos, com ouriços grandes e folhas verdejantes, ao lado de outros com copas secas, comecei a inclinar-me para a ideia de que alguma praga  estaria a atacar as árvores, mas...



  ...sem afetar de forma tão grave os castanheiros mais velhos e a variedade longal. Também reparei que em zonas  de menor altitude, como nas Assureiras e Lebução, os castanheiros não estavam com as copas secas como no planalto da Bolideira.


Insatisfeito com as respostas que tinha ouvido, procurei na internet a  explicação para as dúvidas persistentes. As copas secas e folhas acastanhadas são manifestação de doença, sem dúvida alguma. Resta saber o nome, como aparece e o que fazer para a erradicar.



Doenças do castanheiro
Manifestações da doença da tinta:
Fungo ataca as raízes
  • Em pleno período vegetativo observa-se o emurchecimento e clorose das folhas a partir da extremidade dos ramos;
  • A frutificação é muito afectada, os ouriços raramente dão frutos, e os que vingam não atingem, regra geral, as dimensões normais, sendo reduzido o valor comercial;
  • Alguns ouriços e folhas podem ficar agarrados à planta durante o Inverno; 
  • etc.




Manifestações do cancro 

  • Existência de ramos secos na copa;
  • Fendilhamento longitudinal da casca;
  • Etc.

Esta doença  virulenta e para a qual não há tratamento eficaz ataca o tronco e os ramos da árvore de forma rápida e irreversível. Detetada em 1989 em Trás-os-Montes, é possível que esteja a chegar  agora ao Planalto Ecológico de Travancas.


Se se confirmarem as suspeitas de que se trata de doença da tinta, cancro ou de outra qualquer doença, as perspetivas para a cultura da castanha, nesta zona, nos próximos anos, não são risonhas!







Falta no entanto ouvir a voz  dos técnicos da Zona Agrária do Alto Tâmega. É imperioso que subam de Chaves à montanha para esclarecer os produtores sobre o que se está a passar!

3 comentários:

José Maldonado disse...

Caro Amigo:
Espero que este meu comentário seja útil.
Na verdade o que se passou com os castanheiros, já não era novidade no mês de Agosto, o ministério da Agricultura colocou em alguns sítios editais a informar que iria haver ataque de um vírus conhecido pela denominação vulgar "BORBOLETA CHINESA" este vírus começou em ITÁLIA em 2005 estendeu-se ao sul de FRANÇA e zona da CATALUNHA e já em 2013 houve um ligeiro ataque na zona Noroeste do distrito de Bragança "Quintanilha", algumas zonas da "Alta Lombada"
É um vírus resistente a qualquer inseticida, e apenas pode ser combatido Biologicamente com um predador natural que só existe na CHINA.
E, aqui começa a tal pescadinha de rabo na boca. O que acontecerá se vier o dito predador?
Obviamente estamos a modificar o Ecossistema com todas as consequências que dai podem advir.
CULPADOS????
A enxertia feita em castanheiro CHINÊS que é resistente ao Nemátodo (doença da tinta)
Quem o permitiu?
A União Europeia?
O Viveirista espertalhão?
Seja quem for, quem vai pagar é o Mexilhão e as entidades vão assobiando para o lado vendo futebol tendo orgasmos com os recordes do Ronaldo
.... Somos o que somos, e não passamos de ums Imbecis acomodados, a confirmar o Mito. "QUANTO MAIS ME BATES......."
Abraço Amigo; Espero ter sido Útil.

euroluso disse...

Olá!

O seu comentário é oportuno e esclarecedor. Apareça mais vezes, trazendo as suas bem-vindas opiniões.

Tiago Lage disse...

Caros Amigos!
Com todo o respeito acho que estão a fazer uma grande confusão.
A Borboleta Chinesa deve querer referir-se à «Vespa das Galhas do Castanheiro».
Em Itália já existia em 2002.
Podem consultar o meu livro «Memórias da Maria Castanha» na Biblioteca pública - Chaves ou na loja de antiguidades «Antígona», da Dr.ª Isabel Viçoso - Chaves, para saberem mais sobre o castanheiro e os fungos (não vírus) que o dizimam.
Saudações.
Jorge Lage
jorgelage@portugalmail.com
964624132